"Tu vais vencer, Podes crer, Porque a nossa força é brutal. Mais de um século de histórias para contar. Sporting, tu nunca vais acabar" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

quinta-feira, setembro 22, 2016

Impugnação, já!

Segundo constou no último jogo da jornada, existiu um lance em que foi feita uma falta sobre um jogador do Braga não assinalada e que viria a resultar num golo a favor do adversário da equipa bracarense. Ao que parece o canal que transmitiu esse jogo, nem sequer mostrou a repetição desse lance, demonstrando que está em causa o dever de imparcialidade das transmissões televisivas dos jogos do Campeonato, o que já se verificou em ocasiões anteriores.

Convém não esquecer também a questão da marcação dos jogos, porque existe um clube que os marca para quando quiser enquanto os outros 17 clubes estão sujeitos ao apetite do canal que os transmite, algo que já se verificou em épocas anteriores onde o Sporting durante o Inverno tinha que jogar às 20:00 de domingo enquanto determinado clube marcava os jogos para os sábados à tarde, tendo por via desse horário mais espectadores, mais receita, etc...

Independentemente da Sporttv ser hoje em dia mais um embuste lampiónico, tem outro dever de imparcialidade, pois não existe mais nenhum campeonato no Mundo onde esta ridícula situação aconteça. Acho muito bem que cada clube defenda os seus interesses, mas no fundo, o problema disto tudo é da Liga que permite esta farsa.

Já se sabe que existe por aí muita gente com saudades das "conversas em família", mas da parte do Sporting espero que se impugne esta situação, imediatamente. Se a Liga o continuar a permitir, é tratar de arranjar condições para o Carlos Dolbeth voltar a comentar os jogos, desta feita na Sporting TV.
Seria muito interessante ver a reacção que certas pessoas teriam a um derby transmitido pela Sporting TV... em termos do que consideram ser a "verdade desportiva" que tanto apregoam.


Nuno LK

terça-feira, setembro 20, 2016

Somos nós que alimentamos o inimigo

O futebol português está a caminhar para um beco sem saída, por culpa de uma cultura que se tem tentado implementar em que o que se discute nos inúmeros programas desportivos ao longo da semana é mais importante que os jogos em si.

Quando se verifica que na maioria desses programas existe um clube que tem estrategicamente colocados vice-presidentes, directores de canais e demais cães-de-fila com um discurso sincronizado, em canais de televisão completamente alienados a esse clube, como a TVI que tem como responsável um vice-presidente desse clube ou a RTP que numa recente reportagem sobre o cancro associou o Sporting  e o outro rival do norte, chego à conclusão que é um erro o Sporting ter pessoas afectas ao clube nesse tipo de programas que hoje em dia não são muito mais que uma devassa autêntica da vida do Sporting Clube de Portugal.

Não faz sentido existir um programa chamado Dia Seguinte onde uma pessoa afecta ao Sporting com informação restrita debater com um vice-presidente de um clube que tem um manancial de informação muitíssimo maior, inclusivé sobre o próprio Sporting.


O Sporting não precisa da sua representação nesses programas para nada, porque o prestígio do clube construído à mais de um século não se compadece com essa autêntica devassa da vida do nosso clube, que é efectuada a um ritmo quase diário. É dentro de campo e nas bancadas que temos que "responder", seja nos jogos em casa ou fora, como muito bem se tem feito esta época onde reina um ambiente fantástico em Alvalade e onde temos dado um grande espectáculo de apoio nos jogos fora de casa.

Espero que os comentadores afectos ao Sporting saiam o mais rapidamente possível destes programas desportivos que estão a denegrir um futebol que poderia ser espectacular. Se o fizermos será o fim desses programas, a exemplo do que se passa com os jornais desportivos que ao tornarem-se braços armados de certos clubes em vez de serem órgãos isentos de comunicação social traçaram o seu destino.

Nuno LK

Ver fantasmas...

Quando queres ter projecção e ser falado, põe-te em bicos de pés e inventa uns filmes conspirativos para seres levado ao colo pela populaça de Carnide...

A juntar a estes dislates destes comentadeiros, paineleiros e jornaleiros, como o consócio Carlos Dolbeth 'carinhosamente' os trata, tivemos ontem mais um momento surreal de tentativa anedótica de desestabilização do nosso grupo de trabalho, por parte daquele rapaz volumoso de apelido Guerra.

Parece que agora a teoria argumentativa muito mal amanhada vai girar em torno das disparidades salariais em cada um dos vários sectores do campo.

Ontem, o primeiro capítulo baseou-se no sector defensivo e nas remunerações de Coates vs. Semedo. Provavelmente na próxima semana virá com uns papelinhos a demonstrar que o nosso querido roupeiro Paulinho tem um salário descomunalmente inferior ao do tratador de relva.

As parvoíces de que aquela gente se lembra...

Nuno M Almeida

Toque a reunir

"Quando se faz trabalho sério temos de estar ao lado dos nossos profissionais. E o trabalho que está a ser feito é sério, com dignidade e rigor. E esse trabalho é por todos reconhecido."

Concordo em absoluto com estas palavras que são aquelas que um líder máximo deve proferir quando as coisas não correm bem e quando se assume a defesa e protecção da equipa.

Infelizmente não foi assim há dois anos, quando fomos inapelavelmente batidos por 3-0 em Guimarães, e quando também se desenvolvia um trabalho sério.

Mas enfim, só os burros é que não mudam de opinião e Bruno Carvalho rectificou, evoluiu e faz agora o que também deveria ter feito nessa altura.

Toca a reunir, a unir a massa adepta em torno da equipa, rumo à reconquista do primeiro lugar... entretanto perdido. Isso é o que agora importa!


Nuno M Almeida

domingo, setembro 18, 2016

Banho de humildade

Mais trabalho e humildade, e menos soberba, comunicados e provocações aos rivais... não é meus caros Jorge Jesus e Nuno Saraiva?
É que já vi este filme na época passada e não gostei!



 Nuno M Almeida

sexta-feira, setembro 16, 2016

RTP: a dor de corno é tramada...

É vergonhoso que a estação pública de televisão - paga com o dinheiro dos sportinguistas - se preste a uma tamanha falta de respeito pelo Sporting Clube de Portugal, um clube que foi responsável pelo maior feito de sempre do futebol português que se traduziu na conquista do Euro-2016 e que muito tem dado a este país.


Quando chegam ao ponto de andarem a fazer fretes a um determinado clube para denegrirem a imagem de outro clube, está tudo dito sobre o país em que vivemos. Depois admirem-se de levarem umas festinhas quando fazem reportagem em Alvalade...

Aqui fica o vídeo.


Isto é demasiado triste para ser verdade, espero que os responsáveis do nosso clube saibam agir em conformidade. Nem respeito têm por quem tem esta maldita doença e seja adepto ou adepta do Sporting. Pobre país, para onde te levam...



Nuno LK

quinta-feira, setembro 15, 2016

Gelson Martins: talento puro!



Quando é a própria Marca a elogiar enormemente a grande exibição do muito talentoso Gelson Martins, está tudo dito em relação à comunicação social que temos cá... se vestisses outra cor que todos sabemos já serias o novo Pélé!

Há coisas que não têm preço...


Nuno LK

quarta-feira, setembro 14, 2016

Pedido aos responsáveis do Sporting

Revejam a posição irregular, de James no lance do segundo golo, em fora-de-jogo por se encontrar adiantado em relação ao jogador mais recuado da nossa linha defensiva, João Pereira.

Mudou o presidente da UEFA, mas o cheiro é o mesmo...


Nuno LK

Cruel!

Noite de regresso leonino à Champions, com estreia na edição 2016-17, e logo no reduto do campeão europeu em título. 

Jesus trocou os laterais para o jogo de hoje, apostando em João Pereira e Marvin, tal como havia feito com o FC Porto. Bryan Ruiz também voltou à equipa em apoio direto a Bas Dost. 
 
Com Rui Patrício; João Pereira, Coates, Rúben Semedo e Marvin Zeegelaar; Adrien, William Carvalho e Bruno César; Gelson, Bas Dost e Bryan Ruiz, entrámos bem no jogo, serenos, com boa ligação entre os sectores, e pese embora algum domínio madridista a irreverência de Gelson destacou-se. Um dos melhores da noite. 

Nulo ao intervalo perfeitamente justo. No segundo tempo o golo de Bruno César coroou a personalidade leonina, jogando com muita tranquilidade defensiva, um meio campo eficaz, sobretudo a manietar as peças mais importantes dos blancos, e Gelson na frente a dar cartas, com um sacrificado Bas Dost a segurar os avanços dos defesas da casa. Patrício confiante sempre que foi chamado, Coates e Semedo seguríssimos, mandões no nosso sector defensivo, perfeitos nos timings de intervenção, e William e Adrien em grande plano a travarem a construção ofensiva do Real, constituída 'apenas' por uns tais de Ronaldo, Bale e Benzema. 

Um Sporting muito bem armado tacticamente e psicologicamente perfeitamente apto para um duelo duríssimo e de grande grau de exigência com campeões europeus que valem milhões. Exibição a roçar a perfeição no mítico Bernabeu. Solidariedade, abnegação, sofrimento e muito, muito suor!
Palavra também de enorme apreço e agradecimento aos milhares de consócios que invadiram Madrid e que foram simplesmente cinco estrelas no apoio à equipa. Calarem o templo do maior clube do século XX, vencedor de duas Champions nas últimas três edições e fazerem-se ouvir de modo impressionante e vibrante, é digno dos maiores adeptos do mundo! Muito obrigado, grandes leões! 

Quem joga como nós jogámos esta noite pode ganhar em qualquer campo, e olhando olhos nos olhos, lutar sempre pela vitória. Perante tudo isto teve que ser o actual melhor jogador do mundo - e melhor futebolista português de sempre - bem como a maior frescura física do Real no final do jogo, a serem determinantes no igualar e virar do marcador. Só mesmo assim... 

Muito orgulho perante a exibição de classe, astúcia e categoria deixada pelos nossos jogadores e treinador esta noite em Madrid. Bravo!


Nuno M Almeida

segunda-feira, setembro 12, 2016

"É realmente impressionante..."


Nuno M Almeida

sábado, setembro 10, 2016

Liderança dá confiança

Mais uma vitória para a Liga, igualando um registo de quatro vitórias nas quatro primeiras jornadas que já não acontecia à mais de 20 anos, mostrando que o Sporting é uma equipa com confiança pelo facto de estar na liderança e que existe uma identificação em relação aos objectivos do clube e crença no trabalho que o grupo realiza diariamente em Alcochete.

Tratou-se de um jogo com um adversário que ainda deu alguma réplica na primeira meia-hora do jogo, mas a partir daí só existiu uma equipa em campo e o domínio do Sporting foi claro tendo o resultado de 3-0 se ajustado bem ao desenrolar do jogo, com o Sporting a dispor de vários reforços que chegaram ao clube recentemente e que se integraram bem na equipa mostrando bons pormenores e deixando água na boca para o que aí vem da época, onde o Sporting se apresenta com fundadas esperanças na conquista de títulos.

Agora, segue-se o Real Madrid. É mais um adversário a quem nos propomos ultrapassar e apesar de ser o campeão europeu em título, o Sporting tem que pensar que é possível vencer. Também temos os nossos campeões europeus a nível de Selecções, somos uma equipa com muito valor também por isso mesmo, portanto há que trabalhar para que as vitórias apareçam. Estou em crer que o Sporting terá um enorme apoio em Madrid e isso irá motivar ainda mais a nossa equipa para que se consiga entrar com o pé direito na Champions desta época, demonstrando a força do Sporting, a força da massa adepta mais fiel em Portugal e que tem mostrado internacionalmente a qualidade do seu apoio sendo o ambiente que actualmente se vive em Alvalade uma marca de referência fora de Portugal!


Nuno LK

quarta-feira, setembro 07, 2016

A propaganda em tons encarnados...



Ponto prévio: embora estivesse determinado a encerrar a actividade deste espaço não podia ser indiferente a vários apelos de amigos do Sangue, que através de mails, comentários e pessoalmente me disseram para continuar, nem que fosse a meio gás. E como só os burros é que não mudam de opinião cá continuaremos então, fiéis a esse grande desígnio que é o amor indefectível pelo Sporting Clube de Portugal.

André Ventura. De tempos a tempos, nos vários clubes fabricam-se comentadeiros e paineleiros, os quais sob uma capa de meros adeptos, vão para os canais televisivos implementar a agenda que os seus clubes lhes ditam e determinam.
E que emblema faz isto de forma perfeitamente despudorada, obedecendo a uma estratégia comunicacional que faria Goebbels corar de inveja? Obviamente o SL Benfica.

Depois de Gomes da Silva e Pedro Guerra - também ele projectado pelo canal da Cofina - temos agora um tal de André Ventura, um advogadozito que subitamente teve uma meteórica projecção na CM TV (aventais, atchim... santinho) na qual começou por comentar temas de foro jurídico e criminal, tendo agora sido 'promovido' a comentador desportivo residente afecto ao emblema de Carnide.

O que torna a coisa mais interessante são as ligações do rapaz: afilhado de Gomes da Silva, primo de Pedro Guerra e amigo íntimo da taróloga Maya, a qual lhe abriu as portas da CM TV. E claro, também grande amigalhaço de Ricardo Palacin.

Nada disto seria digno da nossa atenção ou debate não fosse o rapaz passar todos os minutos que lhe são dados a encher a boca atacando o Sporting, a tecer críticas reiteradas à nossa Direcção e a lançar para o ar constantes atoardas, rumores e boatices. Se se derem ao trabalho de fazer zapping nas noites de segunda, entre a CM TV e a TVI 24, facilmente constatarão como a cassete dos primos é incrivelmente igual e previamente concertada.

Há pouco mais de uma semana dei-me a tal trabalho e vi ambos a debitarem os mesmos argumentos, as mesmíssimas opiniões, articulando exactamente as mesmas ideias, lançando o rumor de que Bruno Carvalho e Jorge Jesus estavam em inevitável ponto de ruptura devido à janela de transferências de Janeiro, e que o segundo ameaçava abandonar o clube a qualquer momento. Mas claro: sempre aludindo a 'fontes' seguríssimas, aquelas a que sempre recorrem, procurando dessa forma legimitar e credibilizar o ruído fabricado pelos próprios. O mais recente sound bite de ambos foi a sms trocada entre Carvalho e Salvador, pretensamente apelando o primeiro a que ambos 'lixassem' o Benfica no negócio Rafa.

Nada disto é novo, e muito menos nos deve surpreender, sabendo-se que se está a preparar o terreno para Gomes da Silva vir a ser o sucessor de Vieira, caso este não se recandidate -  cenário que interessa a alguns canais televisivos, para mais tarde cobrarem o 'favor' - embora Ventura possa estar prestes a entrar nos órgãos sociais encarnados, até mesmo num cenário de recandidatura de Vieira; no meio de todas estas variáveis, manobras e maquinações o Sporting é evidentemente o rival a abater. Nem por um segundo o disfarçam. Com um FC Porto a padecer de autofagia aguda e bem longe daquilo que foi, com um Sporting renascido, pujante e com adeptos e sócios mobilizados, percebe-se perfeitamente o motivo pelo qual os 'primos' já nem se dão ao trabalho de alfinetar o emblema do norte.

Não querendo perder muito mais tempo com estes personagens apenas recomendo que estejamos atentos, que se continue a desmascarar a estratégia montada, porque é por demais evidente que em Carnide se acredita piamente que os campeonatos se ganham nos órgãos de decisão do futebol português e na comunicação social, pela intoxicação e manipulação da opinião pública. Nada de novo. Basta ler ou reler Goebbels, Maquiavel ou Sun Tzu. Está lá tudo.

Nuno M Almeida

terça-feira, setembro 06, 2016

A encruzilhada do futebol português

Actualmente vive-se no futebol português um clima doentio, muito por culpa de um tipo de cultura que se tem tentado a criar de intoxicação do ambiente no nosso futebol. Hoje em dia, existe uma mediatização que se centra no lado errado que passa por constante jogo sujo no lugar de enaltecer e promover um campeonato de um país que é tão somente... o campeão europeu! Estas atitudes, típicas de quem não tem capacidade para valorizar o futebol, são o nível que certas agremiações desportivas demonstram no intuito de desestabilizarem quem tem uma atitude positiva no futebol.

Existem programas desportivos que - erradamente - têm uma força mediática grande, onde se deixou de falar do que é importante para o futebol português e onde apenas se dá atenção - erradamente, pelos piores motivos - a 3 clubes em Portugal, como se o resto não existisse. Clubes, como o Vitória de Setúbal, Vitória de Guimarães, Belenenses, Boavista, Marítimo, Académica, Leixões, etc, têm uma história relevante e que deveriam ser promovidos, ou seja falar-se mais dos campeonatos e da qualidade do futebol, ao invés de se cavarem polémicas sempre com o intuito de destruírem a competição esquecendo-se que precisam dela para se apresentarem com ambições nas competições europeias.

Um dos problemas desses programas é que os mesmos funcionam de forma diária e vão fazendo mossa em todos os envolvidos. Em relação ao Sporting, penso que é necessário que o clube se afaste o mais rapidamente possível destas centrais de carvão.

Se no Reino Unido, é permitido que clubes de um território como o País de Gales joguem na Premier League, o mesmo deve poder ser aplicado cá, pois o Sporting só teria a ganhar se pudesse saír para jogar no campeonato espanhol, país onde cada vez granjeia mais prestígio. Parece-me que esta pode ser a solução para que o Sporting possa jogar num campeonato onde não exista este jogo mafioso que tem prejudicado imenso a competição nacional onde estamos inseridos. Se a FIFA e a UEFA o permitem a clubes como o Swansea ou o Cardiff é por alguma razão, embora tenha pena como português de em Portugal as coisas chegarem a este ponto.

Nuno LK

Consideração sobre o futuro do Sangue Leonino

Após ter lido alguns comentários que ultimamente foram efectuados no blog, cheguei à conclusão que o mesmo se torna essencial "a pedido de várias famílias". E em relação a famílias, como em tudo na vida existem as boas e as más.

Em relação às boas, que são aquilo que mais me interessa e por consideração a pessoas que já frequentam este espaço à muitos anos sinto que devemos dar continuidade ao blog, porque pessoas como a Ana, a Maria, o Fanático, o José, o Gabriel Almeida e vários outros comentadores já fazem parte de um núcleo de amigos sportinguistas apesar de não conhecer pessoalmente nenhum deles. E se existe algo que prezo muito é a amizade!

Em relação às outras famílias, estrategicamente posicionadas para nos atingirem, aqui fica o meu desprezo, dizendo-lhes que: vão ter que levar connosco!



É precisamente por uma questão de respeito e consideração para com as boas pessoas dessa família que este blog tem agregado ao longo dos tempos, que isso só me dá mais força para continuar o apoio incessante ao Sporting, rumo aos títulos!



Cá estaremos para dar continuidade ao Sangue Leonino, conto convosco, família leonina.



Nuno LK

segunda-feira, setembro 05, 2016

Tudo tem um fim...

No seguimento de um comentário aqui deixado pelo amigo Verdão, quase desde a primeira hora comigo nesta aventura, até ao dia em que por motivos pessoais - e muito legitimamente - achou por bem saír, sublinho que tudo tem um princípio, tudo tem um fim.

Já era sportinguista antes dos blogues serem inventados, continuarei a sê-lo ainda mais depois do enterro deste em concreto. Foram mais de dez anos de Sangue Leonino. Creio que chega. Outras plataformas entrentanto surgiram. Hoje em dia também já não tenho vida nem tempo para alimentar este 'bicho' como deve ser, como ele merece e como os seus visitantes (pelo menos alguns) merecem.

Mas mesmo paupérrimo, como alguns tanto gostam de salientar - na lógica de bota abaixo militante de quem nada faz, mas que não perde a oportunidade para criticar quem algo constrói  - a média diária de visitas andava por estes dias nas 1.500, 1.700.

Mas sim, tudo tem um fim. Ultrapassou os dois milhões de visitas. Nada mau. Único lamento: durante a existência deste espaço nunca termos tido a oportunidade de celebrar o título de campeões nacionais. É pena.

Abraço aos amigos do blogue, muito obrigado pelas vossas visitas e comentários ao longo de todos estes anos. Aos críticos: estejam descansados que vou deixar as janelas e porta abertas para a casa arejar...

Até sempre!

Nuno M Almeida

sábado, setembro 03, 2016

Aos caros visitantes que persistem em visitar este espaço criado há mais de dez anos, e cuja única motivação é deixarem reiteradamente um comentário a criticar o mesmo - à boa maneira portuguesa - venho pelo presente deixar-vos aqui uma boa notícia. Podem agora festejar, celebrar, fazerem o que muito bem vos apetecer, porque às vezes falta pachorra para tanto bota-abaixo.

Continuem a a ler coisas sobre o Sporting no site oficial, noutros blogues, no Facebook, na comunicação social desportiva ou onde muito bem vos aprouver. Sejam felizes! É que há vida para além dos blogues...

... ou não.

Nuno M Almeida

quinta-feira, setembro 01, 2016

Serás sempre um dos nossos!



Mensagem de despedida de Islam Slimani aos adeptos e sócios do Sporting Clube de Portugal:

"É com um gosto amargo que escrevo esta mensagem para vocês, para os adeptos do Sporting que me apoiaram, que me suportaram, aclamaram o meu nome e aplaudiram nas bancadas. 

Vocês moram no meu coração e vão ficar lá para sempre.

A minha experiência neste Clube, que é uma família para mim, permitiu-me progredir e subir cada vez mais alto, e tudo graças a vocês. 

Também queria agradecer a todos os meus companheiros destes belos anos, aos meus companheiros de jogo, aos meus irmãos com quem partilhei momentos maravilhosos e desejo o melhor para o futuro dos treinadores que confiaram em mim, que me ensinaram bastante, a todo o staff médico e técnico e a todas as pessoas que trabalharam comigo no Clube. 


Obrigado a todos por me apoiarem durantes todos estes anos, por terem confiado em mim, por me amarem. 


Li os vossos comentários, destes adeptos que são tão fiéis ao Sporting, e agradeço por todas as vossas mensagens maravilhosas que vieram direito para o meu coração. 


Vocês vivem em mim, no meu coração, eu parto para uma nova vida, mas o Sporting permanecerá sempre no meu coração. Serei um leão para sempre."


Nuno M Almeida

Adrien assume compromisso e dedicação

 

Na página pessoal de Adrien Silva, no Facebook:

Quero agradecer a todos os que me apoiam. Conquistar desafios faz parte do ADN de qualquer profissional e estou pronto para alcançar os que vêm aí. 
Agora estou ao serviço do meu país e quando regressar voltarei ao clube pelo qual sempre dei tudo desde a minha infância, com o compromisso de sempre, com a mesma ambição e dedicação.


No que a mim diz respeito, enquanto sócio e adepto, está perdoado, até porque errar é humano, perdoar é divino. No entanto, independentemente da legitimidade que qualquer trabalhador possa ter em querer melhorar as suas condições remuneratórias, espero que Adrien - e demais colegas - entendam que há contratos, relações laborais, cláusulas de rescisão e entidades patronais a respeitar, e que as coisas não se resolvem forçando e extremando posições através de declarações para jornais, rádios ou televisões! Há tiros no pé que são perfeitamente evitáveis...

A partir de agora a melhor resposta que pode dar ou agradecimento que o nosso capitão pode fazer aos adeptos que sempre o apoiaram é continuar a dar o litro em campo pelo clube que representa e que lhe paga o ordenado.

Nuno M Almeida

quarta-feira, agosto 31, 2016

Vários e bons!

Beto, Douglas, Petrovic, Elias, André, Meli, Alan Ruiz, Castaignos, Markovic, Campbell e Bas Dost.

Só com os reforços para esta época já se fazia um belo onze.


Nuno M Almeida

Exímio a lapidar diamantes



Segundo avança a ESPN, o Leicester vai mesmo pagar os 45 milhões de euros estipulados na cláusula de rescisão de Adrien Silva.

Pese embora o respeito que me merece, não creio que Adrien valha todos esses milhões. A ser verdade, grandes negócios neste Verão para as bandas de Alvalade.

Digam o que disserem, Jorge Jesus é dos treinadores mais competentes a valorizar jogadores e a dar sólidos argumentos negociais aos clubes que representa, pelo que aquilo que aufere anualmente - e que tanto ruído provocou - é absolutamente justo.

Prefiro pagar 5 milhões a quem nos permite embolsar mais de 100 milhões em vendas, mais uns quantos com a entrada directa na fase de grupos da Champions e nivelar a nossa competitividade desportiva com a dos rivais, do que 500 mil euros a certos treinadores que passaram pelo nosso banco, como Paulo Sérgio, Vercauteren e afins, e cuja valorização de plantel que conseguiram foi igual a zero...

E é isso mesmo que tanta irrita e enfurece os nossos rivais, antes habituados a um leão manso, pelo que agora recorrem a todas as manobras para tentarem criar desestabilização na casa do rei da selva; por algum motivo enchem constantemente a boca para falarem de nós!

Gostava também de ouvir agora todos aqueles que me criticavam quando Jesus treinava o Belenenses e eu escrevia aqui no Sangue Leonino que deveria ser o nosso treinador. Diziam que não... porque dava demasiadas calinadas no Português...

Nuno M Almeida