"O Mundo sabe que pelo teu amor, eu sou doente / Farei o meu melhor para te ver sempre na frente / Irei onde o coração me levar / E sem receio... farei...o que puder pelo meu Sporting" - osangueleonino.blogspot.com -

Sangue LEONINO

sábado, fevereiro 17, 2018

Ganhou o... Sporting!



Ponto 1 - 87,3%
Ponto 2 - 87,8%
Ponto 3 - 89,5%

17 de fevereiro: mais um dia e uma jornada históricos para o Sporting Clube de Portugal. Uma Assembleia Geral onde se discutia e decidia o futuro imediato do clube e o plebiscito da liderança de Bruno Carvalho.

Enorme afluência, muita dinâmica e grande vivacidade demonstrada pelos associados, deixando evidente ao país desportivo que continuamos a ser um emblema único. Volto a perguntar: estando tantos anos sem lograrem o título de campeões nacionais no futebol sénior conseguiriam eles ter esta demonstração de clubismo? Duvido. Sinceramente duvido muito. É isso que nos distingue!

Foi hoje dado um indiscutível voto de confiança a Bruno Carvalho e à sua equipa, e quanto a mim, de modo absolutamente justo. Perfeitamente merecido.

Rendi-me desde a primeira hora a Carvalho? Não, de todo!

Votei em Carvalho? Não. 

Aliás, nos dois últimos actos eleitorais fiz questão de me abster, eu que sempre defendi uma terceira via, algo que se diferenciasse da abjecta linha (c)roquettista ou daquilo que para mim era uma liderança assente num estilo demasiado populista e belicoso.

Mas também sempre gostei de ser racional e minimamente objectivo nas minhas análises. E se houve algo que consubstanciou o reconhecimento que faço do bom trabalho desenvolvido pelo actual presidente nestes últimos cinco anos foi precisamente saber diferenciar a análise fria dos números (e da performance desportiva) do estilo. O conteúdo da forma. E aí tive obviamente que me render à evidência. O homem recuperou o clube e devolveu-nos o orgulho em sermos sportinguistas. E isso é inegável e inalienável!

Por último: há muito me desagradava a ladainha gratuita e estafada contra Carvalho por parte de betos, croquetes e afins com os quais me tenho cruzado: o homem era toxicopendente, angariava comissões para os seus bolsos, tratava os funcionários a chicote, tinha anos antes tentado sacar dinheiro ao clube ao registar a marca ‘Sporting Centenário’, tendo eu depois constatado que tudo isso eram rasteiras e ignóbeis calúnias e difamações. 

Outra coisa que verdadeiramente me enojou foi ver sportinguistas com relevo na nossa sociedade, muitos da linhagem roquettista, nas bancadas do Jamor, bem perto de mim, na final de 2015, mais preocupados e focados em atacar e criticar Carvalho - o qual simplesmente se limitava nesse dia a festejar a conquista da taça - do que em se juntarem à celebração colectiva. Execrável!

Posto isto, faço sinceros votos que a partir de hoje o nosso clube ganhe finalmente alguma paz e tranquilidade, mesmo sabendo que instabilidade e conspiração fazem infelizmente parte do nosso ADN. Vicissitudes típicas de quem tem na sua génese demasiada fidalguia...

Por último, respondendo a certas insinuações: este blogue criado há quase década e meia não é nem nunca foi um espaço de propaganda de ninguém, a não ser do Sporting Clube de Portugal. Isso é facilmente atestado pela quantidade de cronistas que por aqui passaram, oriundos das mais variadas tendências, até voltar a ser aquilo que actualmente é - um espaço unipessoal do mero adepto, associado, accionista da SAD, detentor de gamebox e doador da Missão Pavilhão, Nuno Moreira de Almeida. Nada mais do que isso!

Agora toca a trabalhar em prol do clube!
Viva o Sporting! Hoje e sempre!

Nuno M Almeida 

Reconhecimento internacional...

... de uma academia verdadeiramente de excelência!




Nuno M Almeida

sexta-feira, fevereiro 16, 2018

Se dúvidas tivesse...




Estou cada vez mais convencido da competência da presidência de Bruno Carvalho quando oiço no dia-a-dia tantos adeptos de clubes rivais preocupados com a Assembleia Geral de amanhã e tão empenhados em que o homem saia do clube!

Até há cinco, seis anos nem sequer se lembravam que nós existíamos...

Nuno M Almeida 

quinta-feira, fevereiro 15, 2018

Um verdadeiro LEÃO!


(sexto violino)

Não gostei do ziguezaguear de Fábio Coentrão quando envergou a camisola da colectividade de Carnide, após ter confessado o seu sportinguismo desde miúdo.

Não gostei das juras de amor eterno ao outro clube que representou na Segunda Circular.

Mas nada tenho a apontar ao seu desempenho desde que chegou a Alvalade e, sobretudo, à sua atitude ambiciosa e combativa, digna de um verdadeiro LEÃO! Como hoje voltou a demonstrar. 

Um homem que tem inequivocamente demonstrado sentir verdadeira e genuinamente a nossa camisola!


Nuno M Almeida 

Eliminatória perfeitamente controlada



Jogo tranquilamente ganho (golos de Bruno Fernandes, Gelson e Doumbia), pese embora a deslocação muito cansativa, mas com grande capacidade para dar a volta ao resultado numa segunda parte segura, personalizada e tranquila.

Um bom tónico para os desafios que se avizinham, mais pontos para o ranking uefeiro dos clubes portugueses e a afirmação do Sporting no panorama internacional. Sobretudo depois de ter sido eliminado na Champions, num grupo onde pontificavam colossos como Juventus e Barcelona, tendo ombreado palmo a palmo sem nunca termos sido goleados. Ao contrário de outros...

Nuno M Almeida 

Prova de vida do roquettismo

De tempos a tempos, cirurgicamente, lá teima alguma comunicação social em desenterrar velhas figuras - e nalguns casos, figurinhas - da história do Sporting, mas nada como ter no jornal Público em semana decisiva uma entrevista a José Roquette. Coincidências...






Após ler a entrevista na qual se manifesta tanto desconforto em relação à actual liderança - e também ao estilo (único ponto que subscrevo) - permito-me reter a resposta à última questão, ou seja, votaria contra mesmo sem vislumbrar qualquer outra solução ou alternativa.  E vindo de um ex-presidente que recusa soluções assentes numa única pessoa mas que também é o mesmo que sempre procurou ficar a pairar no clube como eminência parda. "Coerências".

Fico esclarecido!


Nuno M Almeida

Muitos parabéns, Rui!



Hoje faz 30 anos o nosso Rui Patrício, um dos melhores guarda-redes da actualidade e um dos melhores da nossa história! 

Nuno M Almeida 

quarta-feira, fevereiro 14, 2018

Temos que nos render à evidência

Finanças 

Em junho de 2013 o valor do passivo do Sporting estava nos 442,7 milhões de euros, tendo sido reduzido para os 355 milhões. No mesmo período homólogo, o Benfica agravou o prejuízo para 455 milhões de euros, mais 15 milhões do que em junho de 2013. 
Também o  FC Porto registou um acréscimo de passivo, de 220,2 milhões (a 30 de junho de 2013) para 349,2 milhões de euros.

Quatro das cinco maiores vendas de jogadores na história do Sporting foram feitas nos últimos cinco anos: João Mário, ao Inter Milão (40 milhões de euros), Slimani, ao Leicester (30  milhões), Adrien, ao Leicester (24,50 milhões) e Marcos Rojo ao Manchester United (20 milhões). 114,50 milhões.

Modalidades

Cinco títulos  europeus nos últimos cinco anos: três no atletismo, um no hóquei em patins e mais um no andebol. Média de um título por ano.

Associativismo

O Sporting tem actualmente 170 mil sócios, enquanto que em 2013 éramos 90 mil. 
Nas bancadas de Alvalade a média atual de espectadores é de 42 mil enquanto que há cinco anos era de 28 mil.


Nuno M Almeida

terça-feira, fevereiro 13, 2018

Eu votarei SIM

Ordem de Trabalhos da Assembleia Geral do próximo dia 17

Ponto um – Deliberar, nos termos do artigo 43.º, número 1, alínea a), dos Estatutos, sobre a aprovação da alteração aos Estatutos do Clube, nos termos da proposta em anexo, que faz parte integrante da presente convocatória.

Ponto dois – Deliberar sobre a aprovação de Regulamento Disciplinar do Clube, nos termos da proposta em anexo, que faz parte integrante da presente convocatória.

Ponto três – Deliberar sobre a continuidade do mandato dos actuais Órgãos Sociais.



Pontos 1, 2 e 3: votarei SIM! E votarei SIM porque quem não deve não teme. E também porque quem pretender estar legitimamente na oposição aos actuais corpos sociais poderá obviamente fazê-lo, desde que exerça essa oposição com ética, respeito e urbanidade, sem caluniar ou difamar. A ninguém será cerceado o seu direito de opinião.

Quanto ao Conselho Leonino, basta de fogueiras de vaidades no nosso clube. Um dos problemas do Sporting tem sido a avidez de estatuto por parte da fidalguia e dos viscondes. Começar pelo Conselho Leonino é um bom primeiro passo, até porque se tem revelado um orgão de uma inutilidade atroz. Não me recordo que o mesmo tenha alguma vez sido positivamente decisivo em qualquer dos momentos mais críticos da nossa instituição.

Por último: não considero nada disto um exercício de chantagem aos sócios até porque, tal como eu, todos teremos a opção de votar a favor ou contra as propostas a votação. Aliás, se os pontos 1 e 2 não chegarem à fasquia definida por Bruno Carvalho nem sequer haverá equação do ponto 3. Portanto...

Nuno M Almeida

segunda-feira, fevereiro 12, 2018

Temos que ser sempre pioneiros...


O Conselho de Arbitragem reconheceu hoje que no jogo entre o Sporting e o Feirense houve interpretação desajustada do protocolo do vídeoárbitro, no lance que resultou no golo anulado a Doumbia.

Comunicado: “A fase de ataque consiste numa jogada que vá rapidamente na direção da baliza adversária. 

Quando a equipa que desenvolve uma fase de ataque decide recuar em direção ao seu meio-campo ou a defesa adversária joga a bola passa a ser uma nova jogada, eliminando-se as eventuais infrações técnicas cometidas na anterior fase de ataque. 

O Conselho de Arbitragem entende divulgar este esclarecimento para não restarem quaisquer dúvidas sobre a definição de fase de ataque à luz do protocolo VAR».

Todas estas asneiradas, com mais ou menos premeditação, têm que acontecer sempre em jogos do Sporting. Deve ser azar...


Nuno M Almeida

Craque na calha



“Rafael Leão tem talento. É um futuro...ele faz-me lembrar o Jordão. É um jogador muito desconcertante, forte no um para um. Pode ser como o Jordão, mas ainda não é o Jordão, só na aparência. Dei-lhe oportunidade e ele é um miúdo forte.” - Jorge Jesus


Nuno M Almeida

E assim vai o futebol português



Nuno M Almeida 

domingo, fevereiro 11, 2018

Ao contrário de alguns pelo menos é frontal!



Pode-se dizer que não se gosta do estilo, que se prefere croquetes a rissóis ou que no tempo do Roquettismo e herdeiros é que era bom.

Pode-se até dizer que tudo isto é extemporâneo e que se impunha esta depuração noutra altura.

Mas uma coisa é inegável: Bruno Carvalho é frontal, não se esconde atrás do teclado e muito menos manda recados por peões de brega para que possa ficar resguardado!

Nuno M Almeida 

Prioridade: lutar contra esta bandalheira!


Apesar de achar que Bruno Carvalho deve obviamente continuar a liderar o Sporting, pergunto se é mais urgente plebiscitar um novo regulamento disciplinar ou lutar contra toda esta bandalheira?

Vejo aqui nas bancadas sportinguistas de todas as idades revoltados com o que estão a ver, ao frio, à chuva, e questiono-me se não merecemos que a nossa luta contra o polvo seja o foco de toda a nossa energia e revolta, em vez de nos enredarmos em querelas fraticidas...

Nuno M Almeida

Inacreditável!



Primeira parte aqui em Alvalade para ficar evidente aos olhos de todos que o polvo quer tirar-nos da luta pelo título.

Depois da derrota no Estoril, a viver uma instabilidade institucional, nada como enviar um artista de apito na boca para nos atirar borda fora! Arbitragem cirúrgica. Como convém!

Nuno M Almeida 

GoalBall: campeões europeus!


Nuno M Almeida

Contrastes...



Portugal campeão europeu de futsal...

Carnide líder após vencer em Portimão...

E depois nós:

- É a lesão de Bas Dost.
- É a Pimpinha.
- É o Madeira Rodrigues que diz estar mais preparado.

De facto, somos mesmo um clube autofágico. Pomo-nos a jeito quando menos se espera e somos especialistas a dar tiros no pé!


Nuno M Almeida

sábado, fevereiro 10, 2018

Futsal: campeões da Europa!



Parabéns, rapaziada!

Nuno M Almeida 

Dia 17? Tão simples quanto isto!

Até dia 17, todos nós, sócios, teremos apenas que responder às seguintes questões para definirmos em consciência o nosso voto na Assembleia Geral:

O Sporting está melhor ou pior, desportiva e económico-financeiramente, comparando com um passado recente? 
O Sporting voltou a lutar por títulos? 
O Sporting voltou a ter presença regular na Champions?
O Sporting voltou a valorizar e a vender jogadores por muitos milhões? 
O Sporting voltou a ter bons jogadores no seu plantel, ou ainda vive na era do Joãozinho, Purovic, Jeffren, Bojinov, Torsiglieri, Mexer e outros que tais?
O Sporting tem tido excelentes treinadores ou ainda está no tempo de Paulo Sérgio, José Couceiro, Domingos, Vercauteren ou Oceano Cruz?
O Sporting voltou a ter grandes assistências no seu estádio?
O Sporting voltou a embolsar milhões de contratos publicitários?
O Sporting voltou a ter um pavilhão moderno para albergar as modalidades?
O Sporting voltou a lutar por títulos nas várias modalidades, honrando a sua história eclética?
O Sporting criou um canal próprio de TV?
O Sporting lutou e conseguiu a implementação das novas tecnologias no futebol?
O Sporting foi ou não o motor do processo de denúncia do polvo encarnado?

Posto tudo isto, ou damos um voto de confiança a quem esteve na liderança do clube nestes últimos cinco anos, ou apostamos no regresso dos ‘senhores’ abutres que sugaram o máximo que puderam e que quase atiraram a instituição para o abismo.

Tão simples quanto isto!


Nuno M Almeida 



Vil, desprezível e soez!



Adultos, maiores e vacinados fazem da sua vida o que muito bem entendem. Se me perguntarem, se fosse presidente do Sporting expunha a minha família ou dava sequer a conhecê-la, respondia com um sonoro NÃO! Sobretudo, se enveredasse por uma liderança desafiadora, denunciadora e justicialista.

Mas nada, absolutamente nada justifica que se ameace alguém, e muito menos alguém que está em avançado estado de gravidez. Por isso, talvez se comece a justificar algum aparente desequilíbrio ou demasiada emoção no estado de espírito de Carvalho. Ninguém merece isso!

É rasca, soez, vil, desprezível! E sinceramente, muito sinceramente, espero que isso não esteja a partir de pretensos sportinguistas - sócios ou não - como já me foi dito... até porque a própria máfia consegue ter um código mínimo de conduta.


Nuno M Almeida